Você está pensando em fazer ou já realizou um implante dentário para solucionar a ausência de um ou mais dentes, mas desconhece a durabilidade desse procedimento? Se a resposta foi SIM, é importante entender que a reabilitação oral com implantes dentários envolve duas partes determinantes para indicar se irão durar para sempre ou não. Acompanhe esse artigo para compreender esses aspectos e, principalmente, o que pode influenciar na duração dos implantes dentários. Combinado?

Como mencionado, a reabilitação com implantes dentários envolve duas partes.

A primeira é o implante em si, ou seja, o pino de titânio inserido cirurgicamente no osso maxilar ou da mandíbula em substituição à raiz do dente; a segunda parte é a prótese dentária, que corresponde ao dente fixado sobre o implante. Mas será que os implantes dentários duram para sempre?

Com os avanços tecnológicos, hoje temos implantes dentários de ótima qualidade, nacionais e importados, que podem durar a vida toda. Entretanto, além da qualidade da estrutura, é fundamental avaliar alguns fatores. O mais importante deles se refere ao processo de osseointegração, ou seja, a junção do osso com a peça do implante, pois problemas nessa fase de cicatrização podem comprometer as altas taxas de sucesso característicos desse procedimento e levar o dentista a recomendar a retirada do pino.

A osseointegração é, portanto, o grande indicador de que o tratamento foi realizado com sucesso e de que os implantes têm tudo para durar por muitos anos. Em geral, essa etapa ocorre tranquilamente, afinal, o paciente já terá passado por uma avaliação minuciosa com o dentista e tudo estará sob controle. Além disso, o fato de os implantes serem confeccionados com um material que assegura a compatibilidade biológica com o tecido ósseo do paciente, elimina riscos de rejeição, tornando as expectativas de duração dos implantes extremamente animadoras!

Então podemos afirmar que o implante dura para a vida toda?

A intenção é justamente mantê-los em definitivo na boca do paciente para que este nunca mais volte a ter que se preocupar, no entanto, somado à qualidade da estrutura, a osseointegração e à escolha de um profissional capacitado, há diversos outros fatores que podem influenciar a duração dos implantes. Confira alguns deles a seguir. Você verá que a colaboração do paciente também é decisiva!

01. Doença periodontal

A doença periodontal é uma das principais causas de perda dentária, porém, quando o assunto é implante dentário, também é motivo de preocupação, pois pode ocasionar sérios impactos capazes, inclusive, de reduzir a durabilidade do procedimento. Essa doença, provocada pelo acúmulo da placa bacteriana, pode ser prevenida e tratada, daí a importância de manter o acompanhamento periódico com o dentista.

02. Diabetes e demais doenças crônicas

Pessoas com diabetes descontrolada pode ter a osseointegração prejudicada e até desenvolver doença periodontal. Por isso, os níveis de glicemia devem estar sempre equilibrados – antes, durante e após a colocação de implantes dentários. Caso ainda não tenha regularizado os índices das doenças crônicas, o mais recomendado é priorizar essa questão para apenas depois retomar o plano de transformar o sorriso.

03. Higiene oral adequada

Outro aspecto a ser observado ao se falar em duração de implantes dentários é a periimplantite, processo infeccioso em torno do implante causado pela má higienização e consequente acúmulo de placa. Assim, vale, mais uma vez, reforçar a necessidade de manter o acompanhamento com o dentista na frequência determinada para que este possa  identificar possíveis problemas com os implantes em fase inicial e reversível.

Quer realizar seus implantes dentários em uma clínica especializada no assunto e que trabalha com técnicas e produtos de excelente qualidade em Francisco Beltrão? 

Venha para a Premium Implantes & Ortodontia! Atuamos com rigorosos padrões técnicos e unimos literatura odontológica, alta tecnologia em equipamentos e cuidado irrestrito com o bem-estar dos pacientes para oferecer sempre o que há de melhor em procedimentos estéticos, cirúrgicos, implantes, endodontia, ortodontia e a odontologia infantil. Será um prazer cuidar do seu sorriso!